meio-fraque

 

_ Você precisa ter roupas adequadas para vestir-se em determinadas situações.
_ Eu detesto situações!

_ Estou puto!
_ O que houve?
_ Aceitei ser padrinho do casamento da Jéssica e fiquei sabendo que vou ter que alugar um meio-fraque.
_ Nossa. Que coisa patética.
_ Sim. Eu, o pateta.
_ Em que igreja ela decidiu se casar?
_ Numa igreja simples, dentro de um condomínio, na Barra da Tijuca.
_ Nossa Senhora do Constrangimento! Socorro! Estou imaginando o noivo de fraque. É o ápice da formalidade. Que gente sem noção.
Você sabia que noivos com menos de 1 metro e setenta devem evitar fraques?
_ Jura?
_ Juro. Não estou de sacanagem. E, pelo que me lembro, o namorado_ futuro ‘esposo’_ da Jéssica é baixinho, não é?
_ É. Ele deve ter no máximo 1 metro e sessenta.
_ Divirta-se. Provavelmente, você vai ser o homem mais bonito da igreja e da festa.
_ Não vai rolar festa. Eles vão receber os cumprimentos no salão de festas da própria igreja. Coisa rápida.
_ Entendi. Não é um casamento. É um ensaio fotográfico.

One thought on “meio-fraque”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *