adote um amigo

A americana Allison Martinez, 36 anos, é publicitária e vive em Nova Iorque. É solteira e mora sozinha, no SoHo. Numa tarde, tomando um café com um de seus melhores amigos, Allison mostrou-se indignada com o distanciamento dos amigos.

“Atualmente, nos falamos mais por WhatsApp do que pessoalmente. Não temos mais conversas longas. Todas são interrompidas por compromissos urgentes de um ou outro. Estamos cada vez mais solitários e não estamos nos dando conta disso. Faz mais de um ano que não nos encontramos na casa de alguém para beber e conversar sem a participação ativa de nossos smartphones. Isso é ridículo. Tornou-se um vício. Sem contar com a quantidade de imprevistos. Ou seja, está claro que não estamos dando prioridade ao que merece prioridade. Estamos nos perdendo! Estamos fazendo parte da manada. Estamos ali, no Instagram, como retardados mentais, seguindo e sendo seguidos, caímos no abismo do ‘like’. Meu telefone não toca mais! Só recebo mensagens. Que palhaçada é essa?”

Pensando assim, Allison decidiu lançar uma campanha.
Inicialmente, enviou a proposta para um grupo de amigos íntimos que, assim como ela, vivem sozinhos. O nome escolhido foi “Pick a friend” e a proposta era a seguinte: Durante uma semana, dois solitários passariam a viver juntos. Logo de cara, Allison assustou alguns acomodados. No entanto, assim que o primeiro voluntário aceitou a proposta, as coisas mudaram. Ambos já não se lembravam mais de pequenos prazeres e de deliciosos desprazeres. Tomar café da manhã juntos, brigar pelo controle remoto, palpitar na decoração da casa, fazer surpresas, mudar os móveis de lugar, ir ao cinema, à feira, fazer pipoca e sair para tomar um chope, esquecendo o telefone em casa, consertar o aspirador de pó, que não funcionava há meses por um detalhe, fazer festas #noinstagram

ps: Allison Martinez sou eu. É que vocês respeitam mais uma ideia se ela for gringa.

ps2: quanto menos informações você jogar no seu HD, mais fácil fica você descobrir quem você é. porque existe uma força maior querendo te moldar.

ps3: ‘girassóis’ fazem a manada “tirar” um Iphone de dois mil reais, no cartão, dividindo em 12 vezes. Eu assisti isso. O filho da minha empregada tem dificuldade em entender que o mundo não é o que passa nas redes sociais. A mãe, além de doméstica, vende Rommanel, umas jóias. E o menino já “tirou” um par de alianças para ele e para namorada, que também não trabalha e tem 13 anos. Em breve, prenha, é lógico.

2 comentários sobre “adote um amigo”

  1. Para quem tem um paladar apurado e refinado, nada como a assertividade do ” azedinho doce” de cada dia de @Silvia pilz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *