não-progresso

“Enquanto a população continuar a crescer, o que se entende por progresso consistirá num esforço para manter o passo com ela. Existe apenas uma maneira da humanidade limitar seus labores e dissabores: limitando seus números. Mas limitar números colide com necessidades humanas poderosas e quase inquestionáveis.
Os povos vêem grande número de filhos como uma estratégia de sobrevivência, uma arma, ilusão de domínio. O crescimento populacional zero só poderia ser implantado por uma autoridade global com poderes draconianos e férrea determinação. Nunca existiu tal poder e nunca existirá”

John Gray

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *