meditação guiada

Bom dia! Meu nome é Turmalina e eu estarei guiando vocês_ no gerúndio_ nessa meditação matinal guiada que vai fazer vocês terem um dia mais tranquilo e positivo. Bom, vou pedir para vocês estarem sentando nos tapetinhos e se acomodando de pernas cruzadas, do jeito que for mais confortável para vocês. Agora, comecem a prestar atenção no som. Cachoeira, passarinhos, chuva. É importante que vocês tentem se transportar para um lugar onde se sintam em paz.

Uma praia deserta, um parque repleto de árvores, smartphones desligados, enfim, só você com você mesmo.

Uma participante diz:

_ Deus do céu! Isso me parece assustador!

Turmalina,  com aquela voz mansa, responde:

_ Não se preocupe. Isso pode parecer desconfortável no início. Se permita!

Podemos estar prosseguindo?

_ Sim, claro. Desculpe-me.

Concentrem-se no som [coisa do tipo Enya], fechem os olhos, apoiem as mãos nas costelas e vamos começar a inspirar e expirar, lentamente, sentindo o ar entrando e saindo do peito. Inspirem e expirem somente pelo nariz.

Sintam-se privilegiados por estarem aqui, participando dessa meditação matinal. Nem todas as empresas acreditam que a meditação tem  influência na saúde mental e no rendimento de seus colaboradores. Hashtag gratidão.

Fernanda fala no ouvido de Mariana: _ Eu falei que era roubada. Meditação guiada, dentro do escritório. Som de passarinho. E que nome é esse? Turmalina. Fantasiada de indiana? Eu não tenho paciência para esse tipo de palhaçada, Mariana!

_ Cala a boca, Fernanda. De repente vai ser bom pra gente! Meditar está super na moda. Vamos lá. Hashtag gratidão!

_ Você tem razão. Preciso me “engajar”. Participar de maneira colaborativa! #pqp

Voltando para a condução da meditação. Depois de descrever paisagens, borboletas, golfinhos nadando e os cacetes, Turmalina começou a pedir para que imaginássemos o ar passando por cada órgão do nosso corpo e para que tentássemos esvaziar a cabeça. Imagine um trem passando e levando todos os seus pensamentos. O trem não para, logo, você não tem tempo de agarrar-se a nada do que passa pela sua cabeça.

Mariana rapidamente fechou os olhos e entrou no clima. Conseguiu “se permitir”.

Fernanda também fechou os olhos e começou a respirar, só que o que passava pela cabeça dela era o seguinte:

_ 3 Omo líquido de 3 litros

_ 3 Comfort Cheirinho de Bebê, 2 litros [ Beto, não pegue o Comfort concentrado que você trouxe da última vez ]

_ 1 Veja limpeza pesada

_ Fraldas tamanho G, qualquer marca

_ Ração pro Mozart [ você sabe qual é. Whiskas sabor peixe ]

O que Fernanda não notou é que ela não estava só pensando na lista de compras, ela estava murmurando, falando bem baixinho. Fernanda se transportou para tarefas domésticas, estava passando uma lista para o marido e, só se deu conta disso quando Turmalina chegou perto dela e, respeitando o momento da aprendiz, disse:

_ Você está atrapalhando o resto da turma, querida. A impressão que dá é que a senhora recebeu um santo!

_ Desculpe-me, Turmalina. Meu trem está sobrecarregado entende? Estou fora do trilho. Não consigo parar de pensar em tudo que eu tenho para fazer.

_ Entendo. Volte a respirar e tente se concentrar. Largue o controle! Largue o controle!

_ Turmalina, eu não suporto passarinhos. Esses infelizes começam a piar às 05:00 horas da manhã. E eu já estou descontrolada.

_ Querida, eu preciso continuar a guiar a meditação. Ou você fica e se entrega ao processo ou você se retira e faz sua lista de compras. Podemos conversar quando acabar a meditação, combinado?

_ Combinado. Eu vou ficar. Vou tentar.

Agora, Feranda estava muda, mas a cabeça continuava:

_ Passe na lavanderia e pegue os uniformes da Jéssica

_ Não esqueça de pagar o jardineiro

_ Ligue para Dona Roseli e encomende um empadão de palmito. O telefone dela está num post-it, na porta da geladeira.

_ Ah! Voltando ao mercado: Veja Perfumes Lavanda e Bem-Estar, Vanish Oxi Action Crystal White [ pote branco ], pasta de dente e…

_ Mariana, sua cabeça está caindo e você está roncando!

_ Como?

_ Roncando!

_ Nossa, dei uma relaxada maravilhosa! E você?

_ Depois te conto!

Turmalina, já finalizando a meditação matinal, pede para que as pessoas abram os olhos e lentamente voltem ao estado de plena consciência.

_ Como estão se sentindo?

Todos dizem que estão se sentindo muito bem e que a experiência foi incrível. Alguns resolvem descrever o processo, dizendo que tiveram dificuldade no início e que depois conseguiram “se entregar”. Turmalina ouve, com um sorriso no rosto e com aquela tatuagem de uma pirâmide, feita em 1980, já verde e borrada, no ombro esquerdo. Muitos anéis e aquele colar de sementinhas que os indianos usam.

_ Namastê, diz ela e pede para que a turma repita.

Namastê é uma espécie de Saravá moderno.

Ela explica o significado para os coleguinhas.

Namastê significa “o Deus que habita no meu coração, saúda o Deus que habita no seu coração”.

O gesto expressa um grande sentimento de respeito, invoca a percepção de que todos indivíduos compartilham da mesma essência, da mesma energia, do mesmo universo, portanto o termo e a ação possuem uma força pacificadora muito intensa.

Um alegre diz:

_ Nossa! Que mensagem linda! Que tal criarmos um grupo de WhatsApp?

_ Morri.

ps: Turmalina me deu um cartão e disse que estava disposta a me dar aulas particulares, em casa. Mariana, para a minha surpresa, adorou a ideia do grupo de WhatsApp.

_ Morri de novo. Preciso de um cigarro!

_ Namastê e com licença!

No fumódromo, com o cigarro numa mão e o telefone na outra:

_ Beto, estou com a sua agenda cheia. Tudo está claro e nítido na minha cabeça. Acabei de participar de uma meditação!

_ Transcedental? [ risos ]

 

 

 

 

 

 

4 comentários sobre “meditação guiada”

  1. Turmalina, tattoo verde, saia indiana, “joias” de miçangas e cabelão, engajada no aumento da produtividade no mundo corporativo.

    Não se fazem mais hippies como antigamente. rsrs

  2. Kkkkkkkkk até eu esqueci minha situação com a “meditação” da Fernanda isso se chama meditação da mulher responsável muitas vezes (mãe, esposa, dona de casa) que se desdobra pra que tudo na sua vida ande bem e no seu ritmo.

  3. A epifania do contexto é resumida pelo parágrafo “Um alegre diz …. ” #RindoAte2049 #SilviaPhodastica

  4. Silvia, você deveria lançar um livro de crônicas, algo como “O ambiente de trabalho como você nunca viu”, ou melhor “como você sempre viu”. Algo neste sentido. Seria um sucesso absoluto pois o público é bem abrangente, rs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *