maria filó

Saio de casa e me deparo com um morador de rua dormindo na calçada. Coloco a culpa no prefeito, no sistema ou tento me convencer de que aquilo é carma – ou karma – e que nada acontece por acaso. Nada é mais confortante que as leis do espiritismo.

Levo meu filho para uma escola particular porque finjo acreditar que a educação é o futuro do país. Minto. Refiro-me ao futuro dele, já que ignoro a realidade das crianças que estudam em escolas públicas. Entro no meu carro [ aquela coisa espaçosa ] e, no trânsito, quando me deparo com um ônibus, cheio de gente espremida, que vai levar mais de quatro horas para chegar em casa, grito:

_ Junior, presta atenção no que a mamãe vai falar! Se você não estudar para ter uma boa profissão e ser alguém na vida, pode ser que você tenha que enfrentar um ônibus desse , meu filho. Olha bem. Todo mundo de pé. [ Junior olha, ignora e continua seu joguinho no Iphone da mamãe ]

Continuando…

Não sou hipócrita e não finjo me importar com o futuro dos meninos de rua. Porém, entro em desespero se souber que uma criança do meu universo Mickey Mouse está com câncer. Me coloco no lugar da mãe da criança, sabe?

Sou uma mulher realizada. Tenho meu próprio negócio. Sou #CEO da minha #StartUp. Faço as unhas toda semana, uma escova na sexta e tento me manter em forma. Faço caridade num centro espírita que fica perto da minha casa. Doação de roupas e brinquedos.

Meu marido é VP de uma grande empreiteira. Adoramos metros quadrados vazios, decorados por um arquiteto da moda e estantes repletas de livros nunca lidos. Recebemos amigos e conversamos sobre nossos filhos, sobre políticos corruptos e até sobre esses filósofos modernos que falam palavrões. Faço parte de 234 grupos do WhatsApp.

Sexo? Só aos sábados.

Quarta-feira é dia de eu encontrar minhas amigas. Depois de dois ou três chopes, usando a hashtag #mereço, disparamos imagens com sorrisos montados em redes sociais. Sou tão original quanto um lago de carpas que decora a recepção de um prédio comercial.

One thought on “maria filó”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *